GESTÃO DE PESSOAS

HISTÓRIA, CONCEITOS E TENDÊNCIAS.

 

RESUMO

As atividades de administração de recursos humanos surgiram no inicio do século XX, apresentando uma evolução significativa a partir da década de 20. O fortalecimento do movimento sindical, que surgiu como um instrumento de defesa dos trabalhadores ás situações negativas de ordem econômica e social, contribuíram, e muito, para o desenvolvimento da administração de pessoas naquela época. A carência de mão – de – obra devido à explosão da 1º Guerra Mundial foi outro importante detalhe que valorizou as funções de recursos humanos que se caracterizaram pelo controle de pessoas,  a administração salarial e o recrutamento pessoal. O enfoque de Gestão de Pessoas baseia-se no desenvolvimento, ele está preocupado com o crescimento e desenvolvimento das pessoas no sentido de atingir níveis mais altos de competência, criatividade e realização, uma vez que as pessoas sejam o recurso central em qualquer organização e qualquer sociedade, a função de Gestão de Pessoas, tem como objetivos encontrar atrair e manter as pessoas de que a organização necessita. Isso envolve atividades que começam antes de uma pessoa ser empregada da organização e vão até depois que a pessoa se desliga. A Gestão de Pessoas é uma área muito sensível á mentalidade que predominam nas organizações. Ela é contigencional e situacional, pois dependem de vários aspectos como a cultura que existe em cada organização, a estrutura organizacional adotada, as características do contexto ambiental, o negocio da organização, a tecnologia utilizada, os processos internos e uma infinidade de outras variáveis importantes. Cultura organizacional em gestão de pessoas entende-se o conjunto de valores e normas informais que constituem percepções básicas consideradas válidas e que influencia o modo de agir dos membros da organização, constituindo uma identidade organizacional.

 

Orientador: Prof.ª Me. Rosana Cristina Pischine Mamede

            Localização: 658/TCC N194g 20532