09 mai

Com algumas alterações, tiveram início nesse dia 8 de maio e se estendem até o dia 19, as inscrições para o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) 2017. Os interessados poderão se inscrever somente no site www.enem.inep.gov.br/participante. Segundo divulgou o Ministério da Educação, a prova será aplicada em duas etapas – nos domingos consecutivos, dias 5 e 12 de novembro. Na primeira etapa, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. Já na segunda, as provas serão de matemática e ciências da natureza.

A taxa de inscrição para o Enem 2017 é de R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio. Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Inscrições-do-Enem-2017-chegam-a-1-milhão-de-estudantes

A CEO do Colégio e Faculdades Network, doutora Tânia Cristina Bassani Cecilio, explica sobre a isenção da taxa de pagamento. “Os participantes do ENEM devem ficar atentos. A partir de 2017, aquele que conseguir a isenção do pagamento da taxa de inscrição e não comparecer no dia das provas perderá o benefício da gratuidade para o Enem de 2018. Somente será aceita a justificativa de ausência por meio de atestado médico ou documento oficial que comprove a impossibilidade de comparecimento. O MEC não aceitará mais justificativa por declaração”, diz.

A importância do ENEM é que os resultados das provas são usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público (Universidades Públicas), no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), para bolsas de estudo em instituições privadas e até mesmo para obter financiamento por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). “A Network prepara os estudantes para a prova do ENEM, com excelentes resultados”, garante a CEO da instituição.

1

 

 

ALTERAÇÕES

Bom destacar que o edital do ENEM deste ano traz importantes mudanças, anunciadas no início de março pelo Ministério da Educação. Entre elas, a alteração nas datas de aplicação das provas que passa a ser realizada aos domingos e aplicação da redação no primeiro dia de prova; a personalização dos cadernos de questões; isenção automática a estudantes cadastrados no CadÚnico; extinção da certificação do ensino médio e da divulgação das notas por escola.

De acordo com o MEC, as mudanças foram feitas com base em consulta pública em que foram ouvidas mais de 600 mil pessoas. O resultado obtido junto a cerca de 63% dos entrevistados, por exemplo, teria sido a escolha do domingo para a aplicação das provas, quem em 2017 ocorrerá nos dias 5 e 12 de novembro.

* Os candidatos receberão cadernos de questões e cartões de resposta identificados com seu nome e número de inscrição;

* O certificado para o ensino médio volta a ser feito pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja), em parceria com Estados e municípios;

* Isenção de taxa para estudantes que concluírem o ensino médio de escolas públicas e pessoas contempladas pela Lei 12.799/2013;

* Também passam a ser beneficiados os cadastrados no CadUnico junto ao Ministério de Desenvolvimento Social e Reforma Agrária;

* O candidato precisa informar, ao se inscrever, seu número de Identificação Social (NIS);

* Solicitação de tempo adicional para atendimento especial deve ser solicitada na inscrição.