08 nov

Os estudantes do Colégio Network assistiram na manhã dessa quarta-feira (08/11), no anfiteatro da instituição, a palestra sobre o Novembro Azul. Trata-se de uma ampla campanha de conscientização com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata  e testículos. A palestra foi ministrada pela doutora Renata Pupo, idealizadora da campanha em Sumaré. O Movimento Azul e Rosa é realizado pelo Lions Club, Casa Apoio do Hospital Estadual de Sumaré, OAB- Subseção Sumaré, ACIAS, Rotary Club de Sumaré-Ação, Associação Pró-Memória, voluntários, com o apoio e o patrocínio da iniciativa privada, como é o caso da Network, a fim de realizar mamografias gratuitas e outros exames, tanto para as mulheres no Outubro Rosa, como para os homens (Novembro Azul).

2

A doutora Renata abriu sua palestra explicando aos estudantes a origem do movimento. “O Movimento Novembro Azul, o Movember, foi realizado pela primeira vez na Austrália e recebeu esse nome em homenagem ao bigode do homem. É a junção das palavras inglesas Moustache (bigode) + November (novembro) e tem a finalidade de alertar a população sobre o câncer de próstata. As mulheres acabam se cuidando mais, diferentemente dos homens, que por essa falta de cuidado, vivem menos”, disse.

1

Segundo ela, o câncer de próstata é o câncer mais freqüente em homens, excluindo o câncer de pele não melanoma. Apesar de ser uma doença grave, cerca de 90% dos casos são passíveis de cura, desde que o diagnóstico seja realizado precocemente. “Há vários fatores de riscos, como antecedentes familiares e uso de testosterona, por exemplo. Daí a importância do rastreamento”, destacou.

3

A intenção das palestras promovidas pelo Movimento Novembro Azul é conscientizar a ala masculina sobre os riscos do câncer de próstata, as formas de preveni-lo, bem como as maneiras de diagnosticar a doença.