03 set

“É muito importante estrelar o Guia anualmente e receber o Selo de Qualidade, que atesta o comprometimento da instituição – que é oferecer educação superior de alto nível. E receber por anos consecutivos esse Selo só comprova a proposta educacional das Faculdades Network, que atuam com excelência no ensino”. As palavras são da CEO and founder da Network, reitora Tânia Cristina Bassani Cecilio, após receber a notícia de que os cursos de Pedagogia e Administração voltaram a ser estrelados pelo Selo 3 Estrelas do Guia do Estudante.

SELO 3 Estrelas Pedagogia 2017

O Guia – da Editora Abril – é realizado há mais de duas décadas, e é um dos principais indicadores de qualidade dos cursos superiores do país, sendo referência pelos futuros universitários na escolha do curso e da faculdade. Bom destacar que o curso de Pedagogia, recebe o selo pelo quarto ano consecutivo; e Administração pelo segundo ano consecutivo. Os cursos foram estrelados na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE) no ano de 2017 e constarão, juntamente com os demais cursos ofertados pela instituição, da publicação GE Profissões Vestibular 2018, que passa a circular nas bancas a partir do dia 16 de outubro.

Selo 3 Estrelas Administração 2017

Anualmente o Guia avalia os cursos de instituições em todo o território nacional com base na infraestrutura das faculdades, a formação e produção intelectual dos professores e também os projetos acadêmicos realizados pelos estudantes. “O certificado é resultado da qualificação dos nossos professores, formado por mestres e doutores, além do ensino superior de qualidade com aulas práticas que foca o preparo da nossa comunidade acadêmica ao mercado de trabalho. Sou muito grata por trabalhar com uma equipe tão comprometida e competente”, garantiu a CEO da Network.
Para participar da avaliação do GE o curso precisa atender a quatro critérios: titulação de bacharelado; possuir turma formada há pelo menos um ano; ter turma em andamento e oferecer o curso (presencial) no próximo ano seletivo. A avaliação é feita anualmente por uma equipe formada por professores, coordenadores de cursos, diretores de departamento e avaliadores do Ministério da Educação (MEC). Os critérios utilizados são: a titulação do corpo docente, aspectos didáticos e pedagógicos, e atuação dos professores na prática docente do curso e fora da Instituição, atuação do docente em projetos de pesquisa e extensão, entre outros.