07 jul

Aproveite as últimas vagas remanescentes do Vestibular de Inverno das Faculdades Network – reconhecidas pelo MEC e pelo mercado de trabalho

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesse dia 06 de julho as novas regras do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) para 2018. O programa foi dividido em três modalidades e oferecerá 100 mil vagas (das 300 mil que o órgão coloca à disposição da classe estudantil) com juro zero, ou seja, corrigido apenas pela inflação. Essa é uma excelente notícia para quem deseja cursar uma faculdade! Os interessados não devem perder a oportunidade. As Faculdades Network estão realizando o Vestibular de Inverno para as vagas remanescentes. É só agendar a prova e se preparar para um futuro profissional brilhante, cursando nível superior em uma instituição reconhecida pelo MEC e pelo mercado de trabalho.

As Faculdades Network colocam à disposição dos estudantes de Sumaré, Nova Odessa e região, vários cursos: Engenharia Civil e de Mecatrônica, Administração, Ciências Contábeis, Bacharelado em Educação Física, Sistema de Informação e Pedagogia.

Nas Faculdades Network, o candidato tem a opção de escolher o curso e a forma como deseja estudar: particular, particular (com crédito estudantil da Network), bolsista do Fies, bolsista Escola da Família, bolsista Ler e Escrever e bolsista pelo Programa Municipal de Bolsas de Nova Odessa.

A Network é reconhecida por oferecer educação de qualidade e um trabalho sério. Compromissada com a formação dos estudantes, conta com dois Campi: campus I – na divisa entre Sumaré e Nova Odessa – contendo aproximadamente 10 mil m², com excelente infraestrutura e laboratórios específicos; e campus II, com 120 mil m² localizado numa área considerada patrimônio histórico de Sumaré, onde funcionava o Moinho Universal. O local também oferece infraestrutura de ponta e capacidade para atender mais de 6 mil estudantes. Informações pelos fones 3476.7676 e 3873.2828.

MODALIDADES FIES
A primeira modalidade – chamada Fies 1 ou Fies Fundo Garantidor – é destinada exclusivamente aos estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos mensais (R$ 2.811). Nessa modalidade, os estudantes começarão a pagar as prestações do financiamento com, no máximo, 10% da renda mensal.

De acordo com o MEC, haverá um fundo garantidor com recursos da União e as mudanças vão gerar uma economia de R$ 300 milhões ao governo com taxas operacionais. Nessa modalidade, o risco de inadimplência será compartilhado com as universidades privadas.

Já o Fies 2/Fies Regional (segunda modalidade) é para os estudantes com renda familiar mensal per capita de até cinco salários mínimos (R$ 4.685), com juros de até 3% ao ano mais correção monetária, e risco de crédito das próprias instituições bancárias. Nesta modalidade, serão ofertadas 150 mil vagas para a regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A fonte de recursos será dos fundos constitucionais regionais.

A terceira modalidade do novo Fies contará com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e neste grupo, aproximadamente 60 mil vagas serão ofertadas em 2018 a estudantes com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos.